Cameron reafirma sua política após derrota eleitoral

O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, prometeu neste domingo permanecer com sua política após perder a eleição local no distrito eleitoral de Eastleigh, na última sexta-feira. Em texto para o jornal britânico Sunday Telegraph, Cameron disse que "a batalha pelo futuro da Grã-Bretanha não será vencida".

AE, Agência Estado

03 de março de 2013 | 13h10

O Partido Conservador, do primeiro-ministro, ficou em terceiro lugar no pleito, vencido pelo Partido Liberal Democrata, do vice-primeiro-ministro, Nick Clegg. Embora a eleição não tenha grande impacto imediato no equilíbrio de poder no Parlamento do Reino Unido, ambos os partidos da coalizão governista realizaram campanhas fortes para vencer a fim de provar seu valor antes da próxima eleição geral prevista para 2015.

Cameron também falou de políticas de sua coalizão para a saúde e para a economia e afirmou que não há soluções fáceis para os problemas da Grã-Bretanha. Ele acrescentou que seu governo vai avançar no programa de redução de déficit do orçamento e na reforma dos serviços públicos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
CameronReino Unidopolíticaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.