EFE/Facundo Arrizabalaga
EFE/Facundo Arrizabalaga

Cameron vota em referendo sobre permanência do Reino Unido na UE

Primeiro-ministro britânico foi ao colégio eleitoral próximo à residência oficial acompanhado de sua mulher

O Estado de S. Paulo

23 Junho 2016 | 08h59

LONDRES - O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, votou nesta quinta-feira, 23, no histórico referendo sobre a permanência do país na União Europeia (UE).

Cameron chegou ao local de votação acompanhado de sua mulher, Samantha, e ambos votaram no colégio eleitoral perto da residência oficial.

O premiê britânico tem defendido a campanha pela permanência no bloco europeu, com o slogan "Reino Unido mais forte na Europa", e advertiu que o Brexit (como é chamada a saída britânica da UE) pode afundar a economia do país e trazer instabilidade.

Na saída do colégio, Cameron e Samantha acenaram para a imprensa que estava reunida no local, sob uma chuva torrencial que cai na Inglaterra.

Em sua última mensagem ao eleitorado, Cameron, cujo futuro depende da decisão dos britânicos, alertou na quarta-feira que o Reino Unido corre o risco de "se isolar" caso saia da UE, e insistiu que o país "é mais forte e está melhor" dentro do bloco.

No entanto, reconheceu que a União Europeia "não é perfeita e precisa de reformas" que, segundo Cameron, "serão realizadas", embora o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, já tenha advertido que não haverá mais concessões ao Reino Unido após o referendo. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.