Camilla preferia continuar como amante de Charles, diz livro

Novo livro sobre a princesa Diana fala do relacionamento de Charles com Camilla

Agencia Estado

15 Junho 2007 | 02h48

Camilla Parker-Bowles, duquesa da Cornualha, não queria se casar com o príncipe Charles e preferia ter continuado como sua amante, segundo um novo livro sobre a vida da princesa Diana, informou neste sábado, 9, o jornal britânico Daily Mail. Camilla preferia não ter se separado do brigadeiro Andrew Parker-Bowles, com quem tem dois filhos, Laura e Tom. Ela gostaria de continuar se encontrando com Charles de forma clandestina, segundo o livro The Diana Chronicles, As Crônicas de Diana, de Tina Brown, ex-diretora da revista americana The New Yorker. "Camilla nunca quis se casar. Queria ser amante de Charles e continuar casada com Andrew", afirma. Charles e Camilla se casaram em abril de 2005, mais de 30 anos depois do início do seu relacionamento. Ainda segundo alguns trechos do livro publicados neste sábado pelo Daily Mail, Diana decidiu tirar férias com seu namorado Dodi al-Fayed no sul da França, antes de sofrer o acidente em Paris, como forma de irritar a Família Real britânica. Ela queria enfurecer as pessoas em Balmoral (castelo escocês onde Elizabeth II e sua família passam as férias) tanto quanto possível, disse Lorde Palumbo, um amigo da princesa, a Tina Brown.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.