Caminhão-bomba mata 22 pessoas na Argélia, segundo fontes

Um caminhão-bomba destruiu umquartel da guarda-costeira e matou 22 pessoas no leste daArgélia neste sábado, de acordo com moradores e fontes de umhospital. O ataque é o segundo do tipo ao país membro da Opepnos últimos dias. A explosão no porto mediterrâneo de Dellys, a 100 km deArgel, ocorre dois dias depois de um ataque suicida condenadopelo governo como uma tentativa dos rebeldes para arruinar osesforços para encerrar a violência política. "Eu ouvi uma explosão enorme por volta das 8h e eu descobrique o alvo seria o porto da cidade, provavelmente umainstalação militar", disse Saeed Hamdaoui, 28. "Então ouvi osom de ambulâncias." Não houve uma manifestação de responsabilidade pelo ataque,porém a auto-intitulada Organização Al Qaeda do MaghrebIslâmico assumiu os ataques anteriores. (Por Lamine Chikhi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.