Caminhão-bomba mata 5 em Kandahar

A explosão de um caminhão-bomba deixou ao menos cinco mortos ontem em Kandahar, no sul do Afeganistão. Um dos homens detonou a bomba diante dos escritórios do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur), matando três funcionários e ferindo dois. Em seguida, dois homens entraram no complexo e dispararam contra forças de segurança, policiais e funcionários do governo. Tiros foram trocados por sete horas, antes que os militantes fossem mortos. A rede Haqqani, grupo ligado ao governo paquistanês, é suspeito do ataque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.