Caminhão que atingiu ONU veio da Síria, diz embaixador de Israel

O embaixador de Israel nas Nações Unidas disse nesta quinta-feira acreditar que o caminhão usado no ataque suicida à sede da ONU em Bagdá veio da Síria. O representante israelense Dan Gillerman admitiu não haver evidências vinculando a Síria diretamente ao atentado de terça-feira que matou pelo menos 23 pessoas e feriu mais de 100. ?Tudo que estou dizendo é que informações da inteligência e e informações que vimos e ouvimos na mídia indicam que o caminhão que explodiu nocompelxo em Bagdá veio de Damasco?, afirmou Gillerman aos repórteres nas Nações Unidas. Sua afirmação foi a primeira tentando identificar de onde partiu o caminhão-bomba que explodiu contra o muro de concreto que cercava a fachada do Hotel Canal que sediava as inatalaçòes da ONU. O embaixador também foi perguntado sobre se via uma ligação entre os atentados contra a ONU e o que matou 20 isralenses em Jerusalém na última terça-feira.?Não sei se eles foram coordenados?, disse Gillerman. ?Mas o que sinto realmente é que são ambos parte de uma rede terrorista mundialmente organizada que está atacando o mundo livre?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.