Caminho Inca é declarado Patrimônio da Humanidade

Partes do Caminho Inca, na América do Sul, foram declaradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura). A designação foi concedida no sábado durante um evento em Doha, no Catar.

AE, Agência Estado

22 de junho de 2014 | 17h33

A rede viária, conhecida como Qhapaq Ñan, se estende por quase 60 mil quilômetros em toda a cordilheira dos Andes, passando por seis países, segundo o Ministério da Cultura do Peru. Embora partes da rede sejam anteriores ao império Inca, o auge de sua expansão ocorreu no século 15, quando os incas usaram suas vias para exercer dominância nos Andes. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
PeruCaminho Inca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.