Caminhões-bomba explodem mercados matando 30 no Iraque

Dois caminhões-bomba explodiram simultaneamente em mercados da cidade iraquiana de Tal Afar matando ao menos 30 pessoas e ferindo dezenas, de acordo com a polícia. Os ataques elevam a 46 o número de mortos em diversos ataques ocorridos nesta terça-feira, 27, no Iraque.Os ataques em Tal Afar, o segundo em quatro dias, ocorreram por volta das 16h locais em mercados populares na região norte do centro da cidade, a 420 quilômetros a noroeste de Bagdá.Segundo Abdul Karim al-Jubouri, brigadeiro da polícia, ao menos 103 pessoas ficaram feridas.Mais cedo, um carro-bomba explodiu sua carga próximo à Ramadi, matando 10 pessoas. No último sábado, um homem-bomba provocou um ataque suicida no qual dez pessoas morreram e três ficaram feridas na região central de Tal Afar, uma cidade situada a apenas 150 quilômetros da fronteira com a Síria e que tem sido palco de cada vez mais ataques rebeldes.A cidade passou a ser visada por terroristas e sofreu freqüentes ataques apesar de no ano passado, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, ter citado a cidade como um "exemplo do progresso" feita na área da segurança no Iraque.Outros ataques Em outros episódios de violência ocorridos nesta terça-feira, um ataque de morteiro contra um bairro xiita na zona sul de Bagdá resultou na morte de quatro pessoas. Em Kirkuk, no norte curdo do Iraque, a polícia local informou que duas freiras católicas foram mortas a facadas por desconhecidos. A explosão do carro-bomba ocorreu por volta das 13h locais em Al-Jazeera, um distrito a nordeste de Ramadi. A região não é patrulhada pelo Exército, informou o coronel de polícia Tarik Yousif. O ataque com morteiro ocorrido em Bagdá matou um homem, uma mulher e duas crianças, informou a polícia.Atualizado às 14:46

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.