Campanha começa na Venezuela com Chávez favorito

A campanha eleitoral para as eleições presidenciais na Venezuela começa nesta terça-feira, com o presidente Hugo Chávez buscando um terceiro mandato. Chávez, que está atualmente em uma viagem de duas semanas por vários países, tem um índice de apoio entre 50% e 60%, segundo as pesquisas de opinião, enquanto a intenção de voto para a maioria de seus rivais não passa de 5%.A eleição está prevista para dezembro. Esta é a primeira vez na história da Venezuela que um presidente concorre a um terceiro mandato consecutivo. Chávez está tão confiante de sua vitória que decidiu passar duas semanas em viagem pelo mundo, passando os primeiros dias de campanha eleitoral no exterior.A oposição venezuelana está bastante dividida e até agora não conseguiu sensibilizar os eleitores com sua falta de propostas novas. Mas os opositores esperam unir esforços contra Chávez, com a ajuda de eleições primárias daqui a duas semanas. Porém alguns candidatos estão se recusando a participar das primárias. Um deles, um comediante e milionário de origem pobre, é visto por alguns como a única ameaça real a Chávez. Trata-se de Benjamin Rausseo, que se apresenta sob a alcunha de ?O Conde de Guacharo? . Rausseo tenta atrair os votos de protesto dos venezuelanos ignorados por Chávez e pelos partidos tradicionais de oposição. Apesar de considerado por alguns como um ?outsider?, ele pode acabar se tornando a mais popular alternativa a Chávez. Um ponto importante nesta campanha é o tempo de rádio e TV destinado a cada um dos candidatos. Chávez poderá manter, durante a campanha, seu programa semanal de TV "Alô Presidente", que tem até cinco horas de duração. A oposição tentou, mas não conseguiu, forçar as autoridades eleitorais a tirarem o programa do ar durante o período de campanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.