Campanha eleitoral obriga Chávez a adiar encontro com Morales

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez,adiou sua visita à Bolívia, prevista para a próxima semana, devido a suas obrigações na campanha eleitoral, informou o embaixador venezuelano em La Paz, Julio Montes. Chávez tinha se comprometido a visitar seu colega e aliado boliviano, Evo Morales, na próxima sexta-feira, dia 13. Os dois lançariam a pedra fundamental de uma usina destinada a separar oslíquidos extraídos do gás natural que a Bolívia exporta para o Brasil. As instalações, na localidade de Rio Grande, em Santa Cruz, serão construídas conjuntamente por Bolívia e Venezuela. O acordo é parteda cooperação entre os dois governantes para aproveitar melhor o gás boliviano. O embaixador Montes alegou agenda sobrecarregada de Chávez até as eleições de dezembro. A visita a Morales deverá ficar para 8 e 9 de dezembro, durante a Cúpula Sul-Americana, na cidade deCochabamba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.