Campanha para reeleição de Obama bate recorde em arrecadação de fundos

Presidente americano conseguiu arrecadar mais de US$ 86 milhões entre os meses de abril e junho

Efe

13 de julho de 2011 | 11h52

Em vídeo divulgado na internet, diretor da cmapnha disse que montante veio de mais de 500 mil pessoas

 

 

WASHINGTON - A campanha para a reeleição do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o Comitê Nacional Democrata informaram nesta quarta-feira, 13, que arrecadaram US$ 86 milhões entre os meses de abril e junho, superando a meta de US$ 60 milhões que tinham fixado.

 

O diretor da campanha, Jim Messina, indicou em um vídeo divulgado pela internet que, com 552.462 doadores, "temos mais apoio popular a esta altura do processo que qualquer campanha na história política".

 

Messina explicou que US$ 47 milhões foram destinados aos fundos da campanha para a reeleição e mais de US$ 38 milhões foram para os cofres do Comitê Nacional Democrata.

 

"A doação média foi de US$ 69", indicou Messina, enquanto os fundos arrecadados para a campanha para a reeleição de Obama em 2012 superam amplamente os US$ 35 milhões recebidos pelos pré-candidatos presidenciais do Partido Republicano.

 

A esta altura do ciclo eleitoral, quando falta um ano e meio para o pleito, a campanha para a reeleição do presidente George W. Bush em 2004 tinha arrecadado US$ 50,1 milhões.

 

Segundo o RealClear Politics, que elabora uma média dos resultados nas principais enquetes do país, o índice de popularidade de Obama se encontra em 45,5%, frente à desaprovação de 48,6% dos entrevistados até 11 de julho.

 

De acordo com o relatório, se as eleições fossem hoje, Obama obteria 44% de apoio e o eventual candidato republicano com 41,3%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.