Campanha política termina com dois mortos em Santo Domingo

Pelo menos duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas neste domingo na República Dominicana durante um confronto entre grupos de militantes do partido do governo, o Partido Revolucionário Dominicano (PRD), e o Partido da Liberação Dominicana, de oposição. A um mês das eleições presidenciais, os partidos se enfrentaram na principal via de acesso à capital, Santo Domingo, onde faziam propaganda entre os eleitores que voltavam do feriado da Semana Santa.Durante o conflito, que começou às 18h (hora local), na entrada norte de Santo Domingo, três carros foram incendiados. "Parecia uma guerra. Os disparos vinham de todos os lados, até um helicóptero sobrevava a região", afirmou uma testemunha que passava pelo local no momento do incidente.O final da Semana Santa marca o início da reta final da campanha para as eleições presidenciais de 16 de maio, na qual o atual presidente, Hipólito Mejía, tenta um novo mandato. Mas o ex-presidente e líder do PLD, Leonel Fernández, aparece como favorito nas pesquisas, com 60% das intenções de votos. Mejía tem entre 19% e 25%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.