Reprodução / Indiegogo
Reprodução / Indiegogo

Campanha virtual arrecada fundos para ajudar chef a pagar processo de Trump

Em 13 dias foi arrecadado mais de US$ 7 mil; magnata exige uma indenização de US$ 10 milhões

O Estado de S. Paulo

18 de agosto de 2015 | 09h39

WASHINGTON - Um ex-diplomata mexicano lançou uma campanha na internet para arrecadar fundos para ajudar o chef espanhol José Andrés, que está sendo processado pelo pré-candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump. O magnata imobiliário exige uma indenização de US$ 10 milhões.

A campanha foi lançada na plataforma de financiamento coletivo Indiegogo e já conseguiu arrecadar mais de US$ 7 mil em 13 dias.

Trump apresentou um processo contra o popular chef espanhol por ter quebrado um acordo para gerenciar o restaurante de um de seus hotéis.

Assim como outras empresas e personalidades, José Andrés decidiu cancelar seu contrato após os comentários ofensivos do candidato republicano contra imigrantes mexicanos no anúncio de sua campanha para as eleições presidenciais de 2016, incluindo a proposta de construir um “grande muro” na fronteira com o México.

Trump então deu entrada no processo, no qual alega que a recusa do chef em gerenciar o restaurante principal do Trump International Hotel, em Washington, lhe causou "perdas e danos no valor de milhões de dólares".

O idealizador da campanha, cujo objetivo é arrecadar US$ 100 mil, é o ex-embaixador do México na China, Jorge Guajardo.

"Vamos provar a Trump que José Andrés e a comunidade hispânica não se deixam abusar pelo dinheiro e pelos advogados. Seu dinheiro vai direto para o grupo de José Andrés, ThinkFoodGroup, para cobrir as despesas do processo de Trump", afirma a campanha da plataforma de financiamento coletivo. /EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Donald Trumpprocessoeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.