Canadá aborda navio com refugiados do Sri Lanka

Oficiais de segurança canadenses abordaram ontem um navio de carga que levava centenas de pessoas da etnia tâmil provenientes do Sri Lanka, dentre elas algumas que o Canadá considera suspeitas de terrorismo. O ministro de Segurança Pública, Vic Toews, disse que 490 pessoas estão a bordo da embarcação e que o navio MV Sun Sea os declarou como refugiados.

AE-AP, Agência Estado

13 de agosto de 2010 | 11h02

No entanto, o ministro afirmou que o governo canadense teme que possa haver integrantes do Exército de Libertação dos Tigres do Tamil Eelam (LTTE) a bordo. O Canadá considera o LTTE como grupo terrorista desde 2006. Segundo Toews, a embarcação foi abordado por integrantes da Marinha, da polícia e dos serviços de fronteira.

O navio está na costa da ilha de Vancouver e viaja a uma velocidade reduzida. O governo monta barracas numa instalação militar para abrigar as pessoas que estão a bordo da embarcação e as prisões já foram advertidas que podem receber novos prisioneiros.

"O tráfico de pessoas é um crime desprezível e qualquer tentativa de abuso da generosidade de nosso país para ganhos financeiros são totalmente inaceitáveis", disse Toews, em comunicado. "Essas pessoas que estão a bordo desta embarcação serão processadas pela Agência de Serviços de Fronteira do Canadá sob a lei canadense." Toews prometeu analisar todas as opções disponíveis para reforçar as leis canadenses para lidar com o caso.

Os passageiros receberam água e comida. O MV Sun Sea se aproximou da Austrália alguns meses atrás, mas mudou de curso, talvez por temer que não receberia permissão para atracar, e seguiu para o Canadá. O governo canadense teme que mais embarcações estejam a caminho. O Canadá abriga cerca de 300 tâmeis, a maior população da etnia fora do Sri Lanka e da Índia.

Tudo o que sabemos sobre:
CanadáSri Lankarefugiadosnavio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.