Canadá anuncia normalização das relações com Cuba

O Canadá anunciou hoje que enviará a Havana seu secretário de Estado para a América Latina, Denis Paradis, assim normalizando as relações de alto nível entre os dois países após o congelamento iniciado em1999, quando Cuba desconsiderou um pedido canadense de clemência para quatro dissidentes que foram presos. Paradis visitará Havana entre segunda e quarta-feiras da próxima semana para manter encontros com funcionários cubanos.A porta-voz da Chancelaria canadense, Nadia del Campo, explicou hoje que o governo do primeiro-ministro Jean Chrétien decidiu retomar as relações depois que os quatro dissidentes, detidos no início de 1999, completaram sua pena.O incidente sobre os dissidentes colocou "um pouco de gelo do norte" - tal como explicou Chrétien na ocasião ? sobre as relações entre o Canadá e Cuba, que são comercialmente boas apesar do embargo imposto à ilha pelos EUA, aliado-chave de Ottawa. As medidas tomadas em 1999, quando Cuba ignorou o pedido de clemência apresentado pelo próprio Chrétien, "não tinham por objetivo ser permanentes", disse Del Campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.