JEFF VINNICK / AFP)
JEFF VINNICK / AFP)

Canadá aprova lei para acelerar perdão legal por posse de maconha

Lei pede 'versão simplificada e rápida' do processo de perdão, e será permitida assim que a sentença seja completada e se a única condenação do registro criminal for por posse de maconha

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2019 | 21h33

TORONTO - O governo canadense aprovou uma nova lei na noite de quarta-feira, 19, que permitirá que cidadãos com passagens criminais por posse de maconha sejam perdoados sem nenhum custo, acelerando um processo que anteriormente poderia levar até uma década. 

A nova lei tem o objetivo de acabar com o “fardo do estigma” e remover obstáculos para o emprego no mercado de trabalho, a educação, a moradia, o voluntariado e o livre trânsito para pessoas com passagens por possessão simples de cannabis, disse o senador Tony Dean, em nota. 

A lei intitulada C-93 segue a legalização da venda e do uso recreativo da maconha e de produtos de cannabis pelo Canadá, que tornou o país a primeira nação industrializada a legalizar o uso recreativo da planta

Dos quase 55 mil casos de ofensas relacionadas à cannabis, 76% eram relacionados a posse simples em 2016, de acordo com a organização Statistics Canada. 

A nova lei deve acelerar o processo de perdão legal ao eliminar o tempo possível de 5 a 10 anos, abrindo mão também da taxa de aplicação no processo, que era de 631 dólares canadenses. 

A lei pede uma “versão simplificada e rápida” do processo de perdão, e será permitida assim que a sentença seja completada e se a única condenação do registro criminal for por posse de maconha./REUTERS  

 

Tudo o que sabemos sobre:
Canadá [América do Norte]maconha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.