Canadá diz que ações da Rússia são 'imperialistas'

O primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, disse nesta segunda-feira que as atitudes da Rússia em relação à Ucrânia são "agressivas, militaristas e imperialistas" e é tempo de todas as nações do mundo reconhecerem a profundidade e a gravidade das ações do Kremlin.

AE, Agência Estado

14 de abril de 2014 | 16h45

Harper disse também que "provocadores russos enviados pelo regime de Vladimir Putin" estão ocupando prédios em cidades no leste da Ucrânia. O premiê disse também que o presidente russo representa a ameaça mais significativa para a paz e para a estabilidade no mundo desde o fim da Guerra Fria.

O premiê disse que Putin está determinado a voltar no tempo, mas que irá falhar nessa empreitada.

O ministro das Relações Exteriores, John Baird, disse que não sabe com quem "a Federação Russa pensa que está brincando quando tenta fingir que o assunto não tem nada a ver com eles".

Harper se reuniu nesta segunda-feira com os embaixadores da Ucrânia, Estônia, Polônia e Letônia. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaCanadáUcrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.