Patrick Doyle / Reuters
Patrick Doyle / Reuters

Canadá prende célula do Estado Islâmico no Estado de Ottawa

Segundo a polícia, o foco do grupo parecia ser recrutar pessoas para lutar no exterior e não em organizar ataques dentro do país

O Estado de S. Paulo

03 de fevereiro de 2015 | 19h09

OTTAWA - A polícia canadense acusou três homens de ligação com o grupo extremista Estado Islâmico (EI) e de tentarem recrutar militantes no Estado de Ottawa, informaram oficiais nesta terça-feira, 3.

Os acusados têm ligação com John Maguire, um canadense que recentemente apareceu em um vídeo do Estados Islâmico na Síria, mas agora pode estar morto. O comissário canadense James Malizia afirmou, no entanto que Maguire também sofrerá processo, uma vez que a polícia não pode confirmar sua morte.

"Estamos trabalhando sobre ele há algum tempo", afirmou o oficial. Além dele, Suliman Mohammed, de 21 anos, será acusado de participar do grupo terrorista. Uma terceira pessoa também estaria envolvida na célula. Segundo o policial, o foco do grupo parecia ser recrutar pessoas para lutar no exterior e não em organizar ataques dentro do país. / ASSOCIATED PRESS 

Tudo o que sabemos sobre:
CanadáEstado IslâmicoOttawa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.