Canadá reitera saída de tropas do Afeganistão em 2011

O primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, anunciou hoje que seu governo não estenderá sua missão militar no Afeganistão nem mesmo se o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fizer pessoalmente esse pedido na reunião que ambos manterão esta semana. Numa entrevista coletiva concedida hoje, Dimitri Soudas, porta-voz de Harper, reiterou que o Canadá retirará suas tropas do Afeganistão em 2011, conforme o planejado.

AE-AP, Agencia Estado

14 de setembro de 2009 | 19h17

O Canadá mantém cerca de 2.500 soldados no Afeganistão. Aproximadamente 130 militares canadenses perderam a vida no país centro-asiático nos últimos anos. Obama e Harper deverão se reunir na quinta-feira e, além da guerra no Afeganistão, deverão conversar também sobre economia, segurança na fronteira e ambiente.

Tudo o que sabemos sobre:
CanadáEUAAfeganistãoguerra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.