Canadá: teste indica que mulher não tem Ebola

O médico Mark Lobe, do hospital Henderson, em Hamilton, no Canadá, afirmou que, de acordo com testes preliminares, a mulher internada desde domingo com febre hemorrágica não tem o vírus Ebola. Ele acrescentou que ainda não está claro qual é o agente infeccioso. Os primeiros exames "reduzem bastante a probabilidade de que essa paciente tenha sido infectada com o vírus Ebola", disse o médico.A identidade da mulher, de 32 anos, não foi revelada. Ela chegou ao Canadá no domingo, proveniente do Congo, com escala em Nova York, e foi hospitalizada no mesmo dia com sintomas de uma febre hemorrágica. Caso isso fosse confirmado, este seria o primeiro caso de Ebola no continente americano.Funcionários do Ministério da Saúde do Canadá disseram que a paciente também tem um diagnóstico de malária.

Agencia Estado,

07 de fevereiro de 2001 | 20h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.