Canadense abre porta de avião e pula em pleno voo

Um passageiro que estava a bordo de um avião fretado no norte do Canadá forçou a porta da aeronave e atirou-se, informou hoje a polícia canadense. O sargento Harold Trupish disse que o incidente aconteceu quando o avião estava a 23 mil pés (7 mil metros) de altitude, na noite de ontem, durante um voo para Cambridge Bay, uma comunidade ao oeste de Nunavut. O King Air 200 da empresa Adlair Aviation estava a cerca de 180 quilômetros do aeroporto de Cambridge Bay.

AE-AP, Agencia Estado

16 de abril de 2009 | 20h40

Trupish disse que o piloto da aeronave informou que o passageiro de 20 anos tornou-se incontrolável e que ele não conseguiram impedir que ele pulasse. A polícia continua a procurar o corpo do homem, cujo nome não foi divulgado. Paul Laserich, o gerente-geral da empresa aérea, disse que a abertura da porta causou a despressurização da cabine, fazendo com que o local ficasse cheio de ar frio. Ele elogiou o piloto por sua rápida decisão de aterrissar a aeronave. "Ele trouxe o avião com segurança. Todos estão bem. Eles estão um pouco chocados, mas estão bem. Isso é o mais importante", disse Laserich.

Tudo o que sabemos sobre:
aviãoCanadá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.