Canandenses presos no Egito alegam maus tratos

Toronto, 28/09/2013 - Dois canadenses presos no Egito dizem que ambos foram agredidos e têm

AE, Agência Estado

28 Setembro 2013 | 21h09

sido submetidos a tratamento degradante desde que foram detidos no auge dos violentos protestos em Cairo no mês passado.

Tarek Loubani e John Greyson emitiram um comunicado neste sábado dizendo que eles têm sido mantidos na prisão desde 16 de agosto, sem acesso a telefonemas. Eles afirmam também que estão compartilhando uma pequena cela com outros 36 presos políticos e que estão dormindo no concreto, além de destacarem que há baratas na cela.

O documento foi ditado para seus advogados e publicado no website de um amigo de ambos, que se dedica à sua libertação. Loubani e Greyson foram presos quando tentavam chegar a Gaza, onde iriam trabalhar. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
CANADÁPRISÃOEGITO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.