Cancelado vôo da FAB com kits de farmácia para Turquia

O Ministério das Relações Exteriores anunciou na noite de quarta-feira o cancelamento do vôo da Força Aérea Brasileira (FAB) que levaria para Damasco, na Síria, kits de farmácia básica doados pelo Ministério da Saúde para ajudar no tratamento de pessoas que fogem do conflito no sul do Líbano. O mesmo avião buscaria 70 dos 446 brasileiros que aguardam a volta ao País na capital síria.De acordo com o coordenador do grupo de apoio aos brasileiros no Líbano, o embaixador Everton Vargas, o vôo da FAB que levaria para Damasco kits de farmácia para ajudar pessoas que fogem do conflito no sul do Líban, o mesmo avião que buscaria brasileiros, foi cancelado por uma questão de logística de transporte. Vargas afirmou que está em contato com a FAB e empresas aéreas brasileiras para enviar um avião o mais rapidamente possível para Damasco. A assessoria de imprensa da FAB, no entanto, informou que não havia previsão de ida de qualquer avião para Damasco. Desde o início das operações de resgate, os aviões da FAB buscam brasileiros na cidade de Adana, na Turquia. Aparelhos da TAM e da Gol trazem os que estão em Damasco. O primeiro desses vôos foi custeado pela TAM e chegou ao Brasil no dia 27 com 260 passageiros. O segundo, que chegou em São Paulo no dia 28 com 237 pessoas e foi o último a sair de Damasco, teve as despesas divididas entre as duas empresas. O embaixador Everton Vargas informou que a empresa BRA manifestou interesse em participar do resgate dos brasileiros, mas ainda não confirmou o próximo vôo. Disse apenas que, na próxima segunda-feira, a companhia poderá deslocar um avião para a capital síria.ChegadaO oitavo avião da FAB trazendo 150 passageiros vindos de Adana, na Turquia, pousou às 9h58 desta quinta-feira no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na Grande São Paulo. A aeronave saiu na noite de quarta-feira de Adana e fez uma escala técnica em Recife. Desses 150 passageiros, 14 são libaneses. O avião segue, na manhã desta quinta-feira, para o Rio de Janeiro, apenas com a tripulação. Segundo a assessoria do Itamaraty, há a previsão de que todos os dias, até domingo, um avião da FAB desembarque no país com brasileiros vindos da região do Líbano.Matéria alterada às 11h30

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.