Câncer de Lugo retrocedeu, diz ministra

Após passar por tratamento médico em São Paulo, o câncer linfático que afeta o presidente paraguaio, Fernando Lugo, começou a retroceder. A informação foi divulgada ontem pela ministra da Saúde do Paraguai, Esperanza Martínez. Segundo ela, o presidente ainda deve passar por mais três sessões de quimioterapia até dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.