Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Candidato, Abbas pede retorno de refugiados a Israel

O novo presidente da OLP e candidato do Partido Fatah à presidência da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, disse que exigirá de Israel o "direito de retorno" dos refugiados palestinos. Abbas fez a declaração um dia depois de ser lançado candidato à sucessão de Yasser Arafat no comando da ANP. Pelo "direito de retorno", quatro milhões de palestinos e descendentes retornariam ao que hoje é território israelense.O discurso de hoje parece ter sido uma tentativa de mostrar à ala jovem do Fatah que, embora se oponha à violência, Abbas levará uma negociação dura aos israelenses. A questão dos refugiados contribuiu para o fracasso de negociações de paz anteriores. Israel se dispõe a receber alguns milhares de repatriados, mas alega que absorver milhões iria destruir o caráter judaico do país.Setores insatisfeitos do Fatah disseram que pretendem pôr em questão a candidatura de Abbas. Membros da ala mais jovem preferem Marwan Barghouti, um líder que cumpre cinco sentenças de prisão perpétua em Israel. Abbas, de 69 anos, representa a liderança palestina mais idosa, que retornou do exílio junto com Arafat, em 1994. Já Barghouti, de 45 anos, lidera os ativistas que cresceram nos territórios ocupados.

Agencia Estado,

23 de novembro de 2004 | 15h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.