Candidato da oposição na Ucrânia pode ter sido envenenado

O candidato da oposição na Ucrânia, Viktor Yushchenko, abatido por uma misteriosa doença durante a fase inicial de sua campanha, pode ter sido envenenado. A informação foi publicada no site do diário The Times nesta quarta-feira. Os médicos que o atenderam disseram que houve uma tentativa de matá-lo com veneno. Yushchenko ficou doente no dia 6 de setembro e foi enviado à clínica de Viena quatro dias depois. Ele tem acusado as autoridades ucranianas de envenená-lo, mas essas afirmam que ele sofreu apenas uma intoxicação alimentar.Um dos médicos que o atendeu, Nikolai Korpan, disse que o veneno será identificado em poucos dias e que será necessário que Yushchenko regresse a Viena para receber tratamento. Crise na Ucrânia

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.