AFP PHOTO / joel SAGET
AFP PHOTO / joel SAGET

Candidato de esquerda na França fará comício via holograma

Campanha promete transmissão em Paris com dois segundos de atraso em relação ao comício ao vivo em Lyon

O Estado de S.Paulo

25 Janeiro 2017 | 19h03

O candidato da esquerda radical às eleições presidenciais francesas, Jean-Luc Mélenchon, realizará no domingo um comício duplo - um em carne e osso, em Lyon (centro), e outro em holograma, em Paris, anunciou nesta quarta-feira sua equipe de campanha. 

"Vai ser o mesmo, com o mesmo tamanho, a mesma cor (...) e poderá se mover normalmente na sala" onde fará o comício em Paris, disse à imprensa Bastien Lachaud, diretor de eventos da campanha do movimento França insubmissa.

Essa proeza técnica já foi realizada em comícios políticos de outros países, mas sempre através de gravações, segundo os organizadores. Trata-se, portanto, da primeira vez que um holograma vai projetar, através de uma transmissão via satélite, um político de maneira quase simultânea, "com dois segundos de diferença", afirmou Lachaud.

Durante o comício, o candidato da França insubmissa e sua versão virtual abordarão o tema da conquista do espaço, assim como "um discurso sobre as fronteiras da humanidade", detalhou Sophia Chikirou, sua diretora de comunicação. 

O "desafio" do holograma "não é um dispositivo de comunicação", senão "um símbolo político forte, (...) uma vontade clara de inovar" e de recordar que "o que nos une também é a ciência", afirmou Chikirou.

O candidato da esquerda radical, que conta com 110.000 seguidores em seu canal de Youtube, realiza uma campanha eleitoral atípica nas redes sociais, à margem dos meios tradicionais. /AFP

Mais conteúdo sobre:
LyonParisFrançaYoutube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.