Candidato denuncia fraudes em eleições na Romênia

O candidato derrotado nas eleições presidenciais da Romênia pediu hoje a realização de um novo pleito. O ex-ministro de Relações Exteriores, Micea Geoana, perdeu por pouco a disputa para o presidente Traian Basescu e denunciou fraudes nas eleições. "Em poucas horas, uma diabólica máquina alterou os votos e mudou a vontade do povo", disse Geoana. "Eu venci a eleição presidencial", afirmou.

AE-AP, Agencia Estado

08 de dezembro de 2009 | 17h03

Geoana disse que o seu partido contestou oficialmente o resultado da eleição de domingo no Tribunal Constitucional. A corte vai dar seu parecer em alguns dias. Basescu não pode assumir até que a decisão tenha sido tomada.

Liviu Dragnea, vice-presidente do Partido Social Democrata, disse que o partido recebeu relatos de todos os 41 condados da Romênia sobre subornos, pessoas que votaram mais de uma vez e de votos que não teriam sido enviados para as autoridades eleitorais centrais. "Nós temos caminhões de evidências, elas chegam em ondas", disse ele.

Dragnea disse que seu partido está ciente de 13 mil casos de votos múltiplos. Basescu conquistou 50,33% dos votos e Geoana 49,66%, segundo os resultados oficiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.