Maurício Dueñas/Efe
Maurício Dueñas/Efe

Candidato do Partido Verde lidera pesquisa eleitoral na Colômbia

Antanas Mockus aparece 9 pontos à frente de Juan Manuel Santos, do partido de Álvaro Uribe

Agência Estado e Associated Press

27 de abril de 2010 | 10h29

BOGOTÁ - O candidato à presidência Antanas Mockus, do Partido Verde, supera seu rival Juan Manuel Santos, candidato do presidente Álvaro Uribe, por uma diferença de 9 pontos percentuais, segundo pesquisa eleitoral divulgada na segunda-feira, 26, na Colômbia.

 

De acordo com a sondagem, Mockus aparece com 38% das intenções de voto, enquanto o ex-ministro da Defesa está com 29%. Santos pertence ao governista Partido Social da Unidade Nacional (Partido da U). O ex-ministro aparecia em primeiro há dois meses, quando começou a divulgação das pesquisas.

A pesquisa da empresa Ipsos-Napoleón Franco tem margem de erro de 3,1%. Mockus, um matemático de 58 anos, subiu de 20% para 38%, enquanto o economista Santos, também de 58 anos, passou de 30% para 29%. Em terceiro aparece Noemí Sanín, do Partido Conservador, com 11%, e Gustavo Petro, do oposicionista Polo Democrático Alternativo, com 5%. Germán Vargas, do Cambio Radical, e Rafael Pardo, do Partido Liberal, ficam com apenas 3%.

Em um eventual segundo turno, Mockus, ex-prefeito de Bogotá aparece com 50%, enquanto Santos está com 37%. O candidato verde iniciou sua campanha após 15 de março, quando obteve a indicação de seu partido. Apesar da vantagem, a maioria dos consultados acreditam que o próximo presidente será Santos, que supera Mockus nesse quesito. Diante dessa questão, Santos aparece com 40% e Mockus, com 35%.

Mockus é o candidato com melhor imagem, com 61% de avaliações positivas nesse ponto, enquanto Santos fica com 52%. Já em relação ao atual governante, o presidente Álvaro Uribe, a imagem positiva dele ficou em 74%. Uribe não está, porém, conseguindo transferir toda a aprovação que tem para seu candidato. As eleições presidenciais ocorrem em 30 de maio. O ganhador deve obter 50% mais um voto, ou ocorrerá um segundo turno em 20 de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
ColômbiaeleiçõesPVMockusSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.