Ramon Espinosa/AP
Ramon Espinosa/AP

Candidato governista deixa disputa presidencial no Haiti

Jude Celestin deve fazer anúncio de retirada de candidatura nesta quarta-feira, segundo senador

AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2011 | 09h20

PORTO PRÍNCIPE - O candidato do partido governista INITE, Jude Celestin, retirará seu nome da disputa do segundo turno das eleições presidenciais do Haiti, disse um senador do partido na terça-feira, 25. Há suspeitas de fraudes no processo eleitoral e houve protestos com mortes no país.

 

Celestin "irá escrever ao CEP (Conselho Eleitoral Provisório) para indicar sua retirada" da disputa, afirmou o senador Moise Jean-Charles, em entrevista à France Presse. O senador disse que o anúncio da retirada será feito hoje, em entrevista coletiva.

 

Caso Celestin retire seu nome, é provável que o segundo turno reúna a ex-primeira-dama Mirlande Manigat e o popular músico local Michel Martelly.

 

A retirada de Celestin do pleito havia sido recomendada por uma comissão da Organização dos Estados Americanos, que julgou ter havido fraudes no processo eleitoral do Haiti. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.