Etienne Laurent/EFE
Etienne Laurent/EFE

Candidatos de esquerda não chegariam ao segundo turno das eleições na França, aponta pesquisa

Enquete BVA mostra que em todos os cenários analisados o atual presidente francês François Hollande perderia por ampla margem; Marine Le Pen e Nicolas Sarkozy passariam para fase final da votação

O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2016 | 14h44

PARIS - O presidente François Hollande e qualquer outro candidato de esquerda ficariam de fora do segundo turno das eleições presidenciais de 2017 na França, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 15.

A enquete BVA para a imprensa regional propôs oito possibilidades de votação entre diferentes candidatos de esquerda e direita, e em todos os casos Hollande perde por ampla margem, superado por seu ex-ministro da Economia Emmanuel Macron e emparelhado com o candidato do Partido de Esquerda, Jean-Luc Mélenchon.

Em todas as hipóteses, a representante da Frente Nacional, Marine Le Pen, e os direitistas Alain Juppé, Nicolas Sarkozy e Bruno Le Maire chegariam ao segundo turno, eliminando candidatos da esquerda.

A pesquisa foi realizada pela internet entre os dias 9 e 11 de setembro, com 912 eleitores. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.