AP Photo/Natacha Pisarenko
AP Photo/Natacha Pisarenko

Caneta de R$ 12 mil doada a Scioli põe kirchnerismo em problemas

A aquisição do modelo Silver Solotaire foi conhecida por meio do 'Diário Oficial' da Província de Buenos Aires nesta terça-feira

Rodrigo Cavalheiro CORRESPONDENTE / BUENOS AIRES, O Estado de S. Paulo

01 Setembro 2015 | 19h33

O governador da província argentina de Chubut, Martín Buzzi, comprou uma caneta Mont Blanc de 30.108 pesos (R$ 12 mil) para presentear seu colega kirchnerista Daniel Scioli, que comanda a Província de Buenos Aires. A aquisição do modelo Silver Solotaire foi conhecida por meio do Diário Oficial da província nesta terça-feira, 1.º. A publicação informa que o artigo foi dado no dia 20 de dezembro, em visita de Scioli a Buzzi.

 

Scioli, candidato kirchnerista à presidência na eleição de 25 de outubro, não confirmou se recebeu o agrado, mas a revisão da compra foi pedida pela oposição de Chubut, no sul do país, sob alegação de que "há coisas mais importantes em que gastar". Buzzi foi eleito governador como opositor ao kirchnerismo, mas tornou-se governista e compete pela reeleição em outubro com quem foi seu mentor, Mario das Neves. Na primária do dia 9, Neves superou o discípulo por 7 mil votos.

Scioli teve aulas para aprender a escrever com a mão esquerda depois de perder o braço direito em uma corrida de lancha em 1989. Desde então ele usa uma prótese e costuma tratar com humor sua limitação. Em uma partida com o time de futebol do qual faz parte em março, reclamou do árbitro que assinalou toque de mão quando ele interrompeu uma jogada adversária com o ombro direito. 

Mais conteúdo sobre:
Argentina Daniel Scioli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.