Canibal ataca vítima em Miami e é morto a tiro

Um homem nu comia o rosto de outro homem nu, na rampa de acesso a um elevado em Miami, e rosnou para o policial que chegou à cena na tarde de sábado, informou o ciclista Larry Vega. O policial ordenou ao homem que comia o rosto do outro que parasse, mas o agressor rosnou para o policial, que deu um tiro de advertência. Quando o canibal avançou sobre o policial, foi morto com um tiro. Essa cena ocorreu no elevado MacArthur, no centro de Miami. O elevado conecta o centro de Miami a Miami Beach. O canibal morreu com o segundo disparo e a polícia de Miami divulgou poucos detalhes sobre o incidente. A vítima que tinha o rosto comido sobreviveu, foi internada e sua identidade não foi revelada.

AE, Agência Estado

28 Maio 2012 | 16h42

O detetive William Moreno, da polícia de Miami, disse que nenhum dos dois homens teve a identidade revelada. Consultada nesta segunda-feira, a polícia de Miami não retornou às chamadas. A vítima do canibal foi levada ao hospital Jackson Memorial. Um porta-voz do hospital disse que a identidade da vítima não será divulgada. Uma câmera de vídeo do edifício onde funciona o jornal The Miami Herald capturou imagens das pernas dos homens nus, pouco após os tiros. Vega disse que o sobrevivente estava gravemente ferido. "Era uma mancha de sangue", disse o ciclista.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.