Michel Reynolds/Efe
Michel Reynolds/Efe

Cantor Michel Martelly é nomeado presidente do Haiti

Candidato já havia sido dado como vencedor na semana passada, mas aguardava confirmação

Agência Estado

21 de abril de 2011 | 10h47

PORTO PRÍNCIPE - O cantor pop Michel Martelly foi oficialmente declarado o novo presidente do Haiti nesta quinta-feira, 21. Martelly venceu as eleições com 67,6% dos votos, derrotando a ex-primeira-dama Mirlande Manigat, de acordo com Pierre Thibault, porta-voz da comissão eleitoral do Haiti. O anúncio encerra uma longa eleição que começou em 28 de novembro e foi marcada por fraudes e outras irregularidades, vários dias de confrontos e inúmeros atrasos.

 

Depois que autoridades afirmaram, em 6 de abril, que os resultados preliminares mostravam que Martelly havia vencido as eleições, Manigat disse que não contestaria os resultados. Desde então, Martelly vem falando sobre a necessidade de reconciliação no país dividido, na tentativa de implementar uma equipe de transição.

 

Em sua campanha, Martelly defendeu a educação livre para todas as crianças, uma renovação no setor agrícola e a restauração do exército. O novo presidente deverá ser empossado em 14 de maio e vai enfrentar enormes desafios no cargo.

 

Martelly terá de lidar com um esforço multibilionário para reconstruir o país destruído por um terremoto de magnitude 7 no ano passado, que deixou 300 mil mortos e milhares de desabrigados. O novo presidente também terá de acabar com uma epidemia mortal de cólera.

 

As autoridades eleitorais também divulgaram os resultados das eleições legislativas no país, que deram ao partido do atual presidente René Préval a maioria no Senado. Esse pode ser outro obstáculo para Martelly, já que o parlamento precisa aprovar sua escolha para o cargo de primeiro-ministro. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
HaitipresidenteMartelly

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.