Cantor pop é detido na China por consumir drogas

Gao Ming-chun foi submetido a um controle para comprovar o uso de entorpecentes

Efe

29 de setembro de 2010 | 03h47

PEQUIM - O cantor de pop Gao Ming-chun foi detido em Pequim por consumo de drogas em sua casa, onde a polícia encontrou maconha, informou nesta quarta-feira, 29, o jornal Xin Beijing.

A polícia chegou à casa de Gao Ming-chun, no distrito de Chaoyang, em Pequim, na noite de segunda-feira, quando o cantor foi detido, devido às denúncias anônimas.

Gao foi submetido a um controle para comprovar que tinha usado entorpecentes, e a Polícia encontrou cinco gramas de maconha em sua casa, além de mais plantas que ainda não foram identificadas.

É o segundo caso na China em menos de quatro meses. Em junho foram detidos membros do grupo "Ling", também por consumo de maconha.

Desde 1997 até agora, outros quatro cantores chineses foram detidos por uso de drogas, assim como o diretor de cinema Zhang Yuan.

Gao Ming-chun nasceu em Mianmar há 46 anos, e com 18 se mudou para Taiwan para iniciar sua carreira, e em 1990 se mudou para Pequim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.