Cão farejador de drogas morre; há suspeita de overdose

Um cão farejador da polícia britânica morreu depois de uma busca por drogas. Suspeita-se que o animal tenha sido vítima de uma overdose, informaram autoridades. A polícia de Lancashire informou que Todd, um springer spaniel de sete anos, passou mal depois de uma busca num carro e num campo em Preston, no noroeste da Inglaterra. O responsável o levou a um veterinário, mas situação piorou e Todd foi levado a uma unidade especializada da Universidade de Liverpool, onde faleceu. O incidente aconteceu em 24 de julho. Apesar da morte do cão, não foram encontradas drogas na operação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.