Patrick Semansky/Pool via Reuters
Patrick Semansky/Pool via Reuters

Capitólio dos EUA é liberado após fechamento por precaução; incêndio nas proximidades é contido

Isolamento ocorre após ataque do dia 6 de janeiro ao Capitólio por extremistas pró-Trump, alguns pedindo a morte do vice-presidente que presidia a sessão de certificação da vitória de Biden

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de janeiro de 2021 | 16h18

WASHINGTON - O complexo do Capitólio dos Estados Unidos ficou fechado por cerca de uma hora nesta segunda-feira, 18, por precaução após um pequeno incêndio nas proximidades, ressaltando a preocupação de segurança dias antes da posse do presidente eleito, Joe Biden.

A Polícia do Capitólio disse em um comunicado que o isolamento foi suspenso e o fogo nas proximidades foi contido. “Por precaução, o complexo do Capitólio dos EUA foi temporariamente fechado. Não há ameaça ao público”, disse o Serviço Secreto dos EUA no Twitter.

O isolamento ocorreu após o ataque de 6 de janeiro ao Capitólio por apoiadores do presidente Donald Trump, alguns pedindo a morte do vice-presidente republicano, Mike Pence, enquanto ele presidia a sessão de certificação da vitória do democrata Biden nas eleições de novembro.

A Polícia do Capitólio afirmou anteriormente que, como medida de precaução, seu chefe interino fechou o complexo, que consiste no Capitólio, seu terreno e vários edifícios.

O corpo de bombeiros da cidade postou no Twitter que os bombeiros apagaram um incêndio perto do complexo do Capitólio.“Não houve feridos”, disse o departamento. “Isso explica a fumaça que muitos viram.”

Um integrante da equipe de segurança citado pela emissora NBC explicou que o fogo foi declarado em um acampamento de pessoas sem-teto próximo.

Os participantes do ensaio para a posse de Biden na quarta-feira ficaram em áreas internas do Capitólio, de acordo com uma testemunha da agência Reuters.

O trânsito no centro de Washington foi restringido com interdições em barreiras, de modo a evitar um possível ataque. Milhares de efetivos da Guarda Nacional foram mobilizados no Capitólio e em outras partes do centro de Washington para a posse do democrata, na quarta-feira. /REUTERS e EFE 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.