Caracas estuda desvalorização de sua moeda

O Banco Central da Venezuela (BCV) estuda incentivar a compra de dólares pela taxa de 5,3 bolívares - taxa de câmbio usada em transações financeiras - para evitar uma desvalorização de sua moeda. O bolívar tem uma outra cotação fixa, mais usual, de 4,3 bolívares. Com a medida, o BCV pretende aliviar a pressão sobre a moeda americana, que no mercado negro é cotada em até 18 bolívares.

O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2013 | 02h03

Uma desvalorização de 33%, esperada por economistas para o segundo trimestre, diminuiria a dívida pública do país, mas teria impacto sobre o preço de produtos importados e a inflação. A doença do presidente Hugo Chávez tem atrasado a decisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.