Caracas formaliza saída da Corte Interamericana

A Venezuela formalizou ontem sua saída da Convenção Americana de Direitos Humanos. A informação foi confirmada pelo secretário-geral da Organização dos Estados Americanos, Jose Miguel Insulza, que lamentou a decisão. Ao notificar a OEA, Caracas cumpre o texto constitutivo da convenção, que exige que a denúncia do tratado seja feita com o aviso prévio de um ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.