Caracas sorteia viagens para estimular voto

Chávez quer ampliar inscrições no Registro Eleitoral numa tentativa de favorecer os candidatos governistas nas eleições legislativas de setembro

EFE, CARACAS, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2010 | 00h00

Para estimular a inscrição de mais eleitores para a eleição legislativa de setembro, o Ministério de Turismo da Venezuela e o Conselho Nacional Eleitoral do país (CNE) sortearão pacotes turísticos que incluem hospedagem de até três dias em hotéis estatais.

O aumento do número de eleitores é importante para o presidente venezuelano, Hugo Chávez, pois boa parte dos que ainda não estão inscritos pertencem às classes mais pobres - sua base eleitoral. Chávez está se empenhando pessoalmente nas campanhas e não hesita em empregar recursos públicos para aumentar a chance de vitória dos candidatos governistas.

Os venezuelanos têm até dia 30 para a inscrição no Registro Eleitoral. O sorteio das viagens, segundo um convênio assinado pelo Ministério de Turismo e o CNE, será em 28 de maio. Os vencedores poderão levar um acompanhante para os hotéis, localizados nas praias de Isla Margarita, nos parques naturais de Morrocoy e Puerto La Cruz e no Estado de Mérida. "O Ministério do Turismo fornece a infraestrutura turística para ampliar a participação e o CNE continua promovendo a atualização do Registro Eleitoral", explicou a vice-presidente do CNE, Sandra Oblitas.

As eleições de 26 de setembro devem marcar a volta à Assembleia Nacional da oposição venezuelana, que boicotou a última votação legislativa do país. Como resultado, aliados de Chávez da época ficaram com 100% das cadeiras da Casa, embora mais tarde alguns tenham rompido com o governo. /

PARA ENTENDER

Os venezuelanos não são obrigados a se inscrever no Registro Eleitoral, mas a partir do momento que o fazem são obrigados a votar - ou justificar seu voto. O presidente Hugo Chávez quer que mais eleitores votem porque boa parte dos que ainda não estão inscritos são jovens das camadas mais pobres da população - justamente sua base eleitoral.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.