Card. Bertone defende mudança para residência luxuosa

O cardeal italiano e ex-número 2 do Vaticano, Tarcisio Bertone, defendeu sua mudança para uma nova e luxuosa moradia, e negou que o papa Francisco, conhecido por valorizar a simplicidade, esteja chateado com ele.

AE, Agência Estado

30 de abril de 2014 | 17h33

A declaração veio depois que várias notícias divulgadas na semana passada afirmarem que o Papa estaria furioso com a mudança de Bertone para um "mega apartamento" em um dos edifícios do Vaticano. Bertone, que foi secretário de estado do papa Bento XVI, foi substituído por Francisco no ano passado.

Em um post feito no site da arquidiocese de Gênova, onde foi arcebispo, Bertone afirmou ter recebido uma ligação do Papa em solidariedade a ele depois da divulgação de sua mudança para a nova residência. O ex-número 2 do Vaticano afirmou que as moradias da Santa Sé são "normalmente espaçosas". Por outro lado, o papa Francisco escolheu morar em um modesto hotel local, próximo à nova casa de Bertone. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VaticanoCardealBertoneIgreja

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.