Cardeal belga diz que 95% dos homossexuais são pervertidos

Mais que 95 por cento de lésbicas e gays não são realmente homossexuais, mas ?pervertidos sexuais?, na opinião do cardeal belga Gustaaf Joos, de 80 anos. Suas declarações estão no semanário P-Magazine, que chegou às bancas quarta-feira.?Eu assinaria com meu próprio sangue que de todos esses que se dizem lésbicas ou gays no máximo 5 a 10% são efetivamente lésbicas ou gays? ? ele disse à revista. ?Todo o resto é simplesmente pervertido sexual. Não hesitem em escrever isso. Eu peço que escrevam. Se eles (os homossexuais) vieram protestar na minha porta, não me importo. Não abrirei a porta.?Joos, que estudou com o Papa João Paulo II, foi escolhido cardeal no ano passado. Ele fez seus comentários numa matéria sobre a situação do catolicismo romano na maioritariamente católica Bélgica, cujos legisladores legalizaram o casamento homossexual, no ano passado, e deve em breve permitir que esses casais adotem crianças.?Homossexuais de verdade não andam pelas ruas em ternos coloridos?, afirmou Joos. ?Eles são pessoas com problemas sérios e tem de aprender a viver com eles. E se eles erram, serão perdoados. Precisamos ajudar essas pessoas, não condená-las.?O cardeal é igualmente radical quanto a democracia, como demonstrou na entrevista.?Política, democracia... Não me façam rir. O direito de voto, o que é isso? Acho engraçado que o voto de um moleque de 18 anos valha o mesmo que um pai de sete filhos. Um não tem nenhuma responsabilidade, o outro sustenta cidadãos do amanhã.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.