Carga dos EUA segue para Cuba pela primeira vez em 40 anos

Pela primeira vez em 40 anos, seguiu hoje de Jacksonville, na Flórida (EUA), em direção a Havana um barco carregado de doações. Trata-se do primeiro transporte regular de carga entre EUA e Cuba nesse período. A embarcação, de propriedade da empresa Crowley Liner Services deverá chegar na ilha no sábado. "Obviamente, isto constitui um precedente", disse John Kavulich, presidente do Conselho Econômico EUA-Cuba, organização que representa empresários norte-americanos. Ele considerou o evento "significativo para as relações bilaterais".A escala em Havana foi acrescentada ao roteiro semanal entre a Flórida e o México. A continuidade do serviço para Cuba dependerá da demanda, informou Mark Miller, porta-voz da Crowley. O Congresso dos EUA aprovou no ano passado a venda de alimentos e produtos agrícolas para Cuba, mas impôs estritas restrições: o governo federal não pode subsidiar as transações, e nem mesmo os bancos estão autorizados a financiá-las. Cuba pede ao Congresso dos EUA que mude estas condições. O principal diplomata cubano em Washington, Fernando Ramírez, disse no início desta semana que tais restrições inviabilizam qualquer intercâmbio comercial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.