Carla Bruni exibe 'barriguinha' em cúpula

Segundo 'Estado' apurou, primeira-dama francesa está grávida de quatro meses e casal não quer saber sexo da criança

Roberto Simon e Andrei Netto, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2011 | 00h00

O casal presidencial francês, Nicolas Sarkozy e Carla Bruni, não sabe - e não quer saber - o sexo de seu primeiro filho, declarou uma fonte ao Estado. Além disso, o parto não está marcado para setembro, como vem noticiando a imprensa francesa, mas para outubro. Carla, portanto, está no quarto mês de gestação.

Há duas semanas, o pai de Sarkozy disse em entrevista a uma revista alemã que sua nora estava grávida. O Palácio do Eliseu, entretanto, mantém silêncio absoluto sobre o assunto - motivo de ampla especulação nos jornais e tabloides europeus. Ontem, durante a reunião do G-8, Carla deixou-se fotografar com roupas normalmente usadas por grávidas.

A gravidez coincidiu com o início da articulação política do presidente para disputar a reeleição, em abril. No dia do primeiro turno, o bebê Bruni-Sarkozy terá 7 meses. As suspeitas sobre a gravidez cresceram desde que a agenda de viagens da primeira-dama - que incluía uma visita ao Brasil para inaugurar um hospital - foi cancelada sem explicações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.