Carlo Azeglio Ciampi renuncia à Presidência da Itália

O presidente italiano, Carlo Azeglio Ciampi, renunciou nesta segunda-feira, três dias antes da conclusão oficial de seu mandato, para facilitar a transferência de poderes ao novo chefe de Estado, Giorgio Napolitano, eleito no último dia 10.Após assinar a renúncia e despedir-se de seus colaboradores, Ciampi, de 85 anos, abandonará esta tarde o palácio romano do Quirinale, sede da chefia do Estado, depois de dar as boas-vindas ao novo inquilino.O 10º presidente da República receberá honras militares e deixará o palácio ao som do hino nacional. Após sua saída, será arriado o pendão presidencial que tremula junto à bandeira nacional da torre principal do palácio.O independente Ciampi foi eleito presidente em 13 de maio de 2001.A renúncia aconteceu poucos minutos antes da posse de Napolitano, de 81 anos, que prestou juramento perante o Parlamento, reunido no palácio de Montecitorio, sede da Câmara dos Deputados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.