David Fernández/Efe
David Fernández/Efe

Carlos Menem é condenado a 7 anos de prisão na Argentina

Ex-presidente respondeu por contrabando de armas para o Equador e para a Croácia

AE, Agência Estado

13 Junho 2013 | 16h16

BUENOS AIRES - O ex-presidente argentino Carlos Menem foi condenado nesta quinta-feira, 13, a sete anos de prisão por contrabando de armas para o Equador e para a Croácia, violando embargos internacionais vigentes na década de 1990.

A 3ª Vara Oral Criminal Econômica de Buenos Aires aplicou a pena pelo crime de contrabando agravado, levando em consideração de se tratar de material bélico, envolver funcionários públicos e contar com a participação de mais de três pessoas.

Menem, de 82 anos, conta com imunidade pelo fato de ser senador. Mas o tribunal solicitou ao Congresso da Argentina que anule a impunidade parlamentar para que o ex-presidente possa cumprir a pena. Menem governou a Argentina de 1989 a 1999. / AP

Mais conteúdo sobre:
ArgentinaCarlos Menem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.