Carne americana chega ao Japão após fim de embargo

O primeiro envio de carne bovina americana chegou nesta segunda ao aeroporto Narita de Tóquio, após a suspensão do embargo imposto em janeiro pelo Japão, informou o Ministério de Agricultura, Florestas e Pesca.As autoridades japonesas suspenderam a proibição sobre importações de carne bovina dos Estados Unidos no dia 27 de julho, mediante uma série de condições estabelecidas para evitar a propagação do chamado "mal da vaca louca", a Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB).A indústria agropecuária japonesa afirmou na semana passada que a quantidade dos primeiros envios seria modesta, e que os consumidores deverão esperar até meados de agosto para poder comprá-las nos açougues.Esta é a segunda oportunidade que Tóquio dá à carne bovina Americana. O Japão suspendeu pela primeira vez a importação de carne bovina dos EUA em dezembro de 2003, depois que os primeiros casos de EEB foram registrados nesse país.Em 12 de dezembro, o Governo japonês suspendeu essa proibição, mas a restaurou em 20 de janeiro, depois de serem descobertos vestígios de coluna vertebral em uma peça de carne importada dos Estados Unidos.Para reabrir seu mercado aos produtores americanos, Tóquio exigiu que a carne deveria ser de cabeças de gado de até 20 meses de idade e não conter partes do animal consideradas de risco, como os sisos ou a coluna vertebral.As autoridades japonesas advertiram que se os exportadores norte-americanos descumprirem alguma das condições, o embargo será restabelecido.No ano fiscal de 2003, o volume de importações japonesas de carnebovina dos EUA foi de 200 mil toneladas, o que representava 20% doconsumo doméstico japonês. O embargo japonês criou uma forte tensão nas relação entre osdois países. Um grupo de senadores americanos chegou a demandarsanções ao Japão de mais de US$ 3 bilhões caso a proibição não fossesuspensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.