Carregamento de chocolates roubados é encontrado na Itália

Carga de 50 toneladas faz parte de um total de 260 toneladas do produto, roubado recentemente da sede italiana da empresa

O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2014 | 19h06

ROMA - O Ministério Público e a polícia descobriram no Porto de Nola, em Nápoles, no sul da Itália, 50 toneladas de chocolates Lindt. O carregamento faz parte de um total de 260 toneladas do produto, roubado recentemente da sede italiana da empresa.

Em outubro, policiais prenderam o dono de uma empresa de logística e um de seus funcionários pelo roubo. Eles desviavam parte das cargas ao enviar os chocolates para os locais de destino para revendê-los diretamente.

A Procuradoria de Lodi, com o auxílio de policiais da cidade, encontraram mais de cinco mil caixas do chocolate estocadas em uma espécie de esconderijo. Segundo a empresa, o valor dos produtos chega a 1,5 milhão (cerca de R$ 2,9 milhões).

 

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaLindt

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.