REUTERS/Jeremy Schultz
REUTERS/Jeremy Schultz

Motorista bêbado e drogado mata 1 e fere 22 na Times Square

Segundo a polícia de Nova York, habilitação de condutor, de 26 anos, tinha sido suspensa por dirigir embriagado

O Estado de S.Paulo

18 Maio 2017 | 13h23

NOVA YORK - Pelo menos uma pessoa morreu e outras 22 ficaram feridas na Times Square, um dos pontos mais turísticos de Nova York, ao serem atropeladas por um carro que invadiu a praça em alta velocidade.

Segundo a polícia de Nova York, o motorista de 26 anos, identificado como Richard Rojas, estava bêbado e havia consumido uma droga conhecida como PCP que causa alucinações. Rojas afirmou que Deus lhe havia ordenado que lançasse o carro contra as pessoas. Ele tentou fugir após o atropelamento, mas acabou sendo preso. A polícia acrescentou que o motorista é morador do Bronx e sua habilitação já estava suspensa por conduzir embriagado.

Uma das testemunhas, Hamid el Hamed, disse à agência de notícias Efe que o veículo entrou na praça vindo do lado sul da cidade, e atingiu várias pessoas antes de bater em um poste.

Um fotógrafo da agência France-Presse que estava no local do incidente viu o carro avançar na calçada onde havia muitos turistas. "Havia pessoas no chão", e algumas "choravam", relatou. Ele disse ter visto uma mulher cujo rosto estava coberto com um pano branco, sem poder confirmar se era a vítima fatal citada pelos bombeiros.

 

 O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse que o motorista é militar e tem antecedentes criminais.

A região ficou cercada por agentes policiais e equipes de emergência. A polícia nova-iorquina confirmou se tratar de um "acidente" e não um ataque terrorista. / EFE e AFP

Mais conteúdo sobre:
NOVA YORK Times Square

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.