Carro-bomba explode e fere um na Colômbia

Um carro-bomba explodiu na manhã de hoje em Medellín, uma das principais cidades da Colômbia ferindo levemente um policial, em frente ao comitê do líder conservador Gerardo Cañas, candidato ao governo de Antioquia, nas eleições de 26 de outubro. Segundo o general Leonardo Gallego, da polícia de Medellín, a bomba atigiu o comitê e residências vizinhas do bairro El Poblado, de classe alta. A campanha para as eleições regionais de outubro se desenvolve em meio a episódios isolados de violência. Já foram assassinados um candidato a governador, três candidatos a prefeito e um candidato a vereador.Segundo a Associação Colombiana de Municípios, em cem cidades do país há candidatos ameaçados, em sua maior parte, por grupos guerrilheiros e paramilitares.

Agencia Estado,

04 de setembro de 2003 | 10h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.